Palavras-chave Google AdWords e SEO: Saiba como usar

Para o Google, palavras-chave são para o SEO e para o AdWords como a farinha é para o bolo. Seu site pode ter “fermento”, “ovos” e até “chocolate”, ou seja, pode usar desde a estratégia mais suja de link building até a mais limpa otimização: são as palavras-chave que vão levar seu site até o Google e, por consequência, aos usuários.

Além disso: a relevância é o termo que dita o trabalho do Rei das Buscas, pois quando nos deparamos com algo relevante, dificilmente não aprovaremos. Por outro lado, quando sentimos que perdemos tempo com alguma coisa na internet, nossa frustração é grande. Ou seja, apresentar conteúdo relevante é essencial para conquistar o Google, usuários e clientes.

Como escolher as melhores palavras-chave?

Uma palavra-chave de qualidade é aquela que está diretamente relacionada ao seu serviço, produto ou conteúdo. Ou seja, não basta escolher apenas o termo que parece ser o mais pesquisado. Se ele não reflete a ideia central da sua página ou, pior ainda, do seu site, o termo não presta. Primeiro porque o público que você vai atrair não vai gostar do seu portal, pois você não trabalha estritamente com o que o usuário procura e segundo porque provavelmente ele vai perceber isso rápido e você terá apenas gente deixando seu site, e isso não é bom para os negócios.

Dessa forma, quando for usar palavras-chave para compor uma página de seu site, pense se essa palavra está relacionada ao seu negócio como um todo. Se ela estiver, bom, então podemos continuar. Se não estiver, hora de voltar para a prancheta.

Matt Cutts SEO Google

Matt é o chefe da equipe Webspam no Google, onde se especializa em qualidade de pesquisa e otimização buscas (SEO).

Dicas para escolher boas palavras-chave

A segunda dica mais valiosa que posso te oferecer é a seguinte: pense a palavra-chave como ela será pesquisada, e não pela sua forma erudita e formal. O googler Matt Cutts dá um exemplo claro em seu vídeo no canal do Google Webmasters no YouTube: quando a pessoa quer saber a altura de uma montanha, ela pesquisa: “qual é a altura da montanha X” e não “Qual a elevação de X”. Entendeu? Use palavras-chave que serão pesquisadas, ou elas não servirão de nada.

Como última dica, o número de palavras-chave em um texto não é estritamente proporcional ao seu benefício. Ainda segundo Matt Cutts, se uma página possui duas ou três repetições e variações de um termo, isso é suficiente. A partir daí, o benefício não é considerável, e muito mais que isso começa a ser desagradável, tanto para o leitor como para o buscador, que tirará pontos da sua página se ela for considerada apenas um SPAM. Portanto, tome cuidado!

Ter um site nas primeiras posições do Google não é fácil. Além dos termos, existe uma série de otimizações possíveis para o seu site. Conhecê-las é essencial. Até a próxima!